“História de um amor interrompido”, por Ana Paula Antunes

L´obéissance est morte

olhos negros 1

 Alcino vivia para lá deste mar, a sua casa tinha um muro que separava o seu quintal do quintal da vizinha, mas aquele muro causava-lhe angustia, sentia-se enclausurado por isso derrubou o seu muro e partiu com o sonho de conhecer o que havia para lá daquele mar.

 História de um amor interrompido

Alcino  olha a Rapariga  na pista de dança esta sorri-lhe e num passo de dança insinua-se, ele aproxima-se  tocam-se os corpos entrelaçam-se os olhares

Onze arguidos iniciam a descida e avistam a vítima X, indivíduo de raça negra, que caminhava, sozinho, pelo passeio do lado direito, no sentido descendente.
Acto contínuo, os onze arguidos, B, C, D, F, G, H, I, J, L, M e O, perseguem-no, tendo este tentado fugir no sentido ascendente da Rua Garrett. 

As mãos escorregam pelo corpo dela aconchegam as suas ancas,  segredam  palavras  de amor eterno, ela desvia-se um…

View original post mais 548 palavras

Anúncios

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s